Sobre o livro

Disponível nas versões impressa e e-book, o Uma Brasileira no País do Cangurus conta a história de Manuela, uma jovem de São Paulo que vai estudar na cidade de Perth, no oeste da Austrália. De forma leve e divertida, traz a união entre uma ficção jovem adulta e uma série de orientações que um bom guia para intercâmbios deve ter.

Veja os depoimentos abaixo, espie o primeiro capítulo e entenda porque Uma Brasileira no País dos Cangurus deve ser sua próxima parada, não importa de você esteja querendo viajar ou simplesmente ter momentos de boa leitura.

Um livro ou um guia?

Com texto leve e divertido, a obra responde a perguntas importantes. Por exemplo: como é o dia a dia fora do país? Arrumar emprego é fácil? E para arranjar casa? Como é a comida etc. Todas essas questões serão tratadas ao longo da narrativa, nas desventuras da personagem principal, Manuela, que foi para a Austrália buscando uma especialização em meio ambiente. Com ela, estão sempre duas de suas amigas de infância: Bianca, a mais responsável, primeira a chegar e que deseja construir de forma definitiva uma vida longe do Brasil, e Cecília, que simplesmente decidiu “se juntar à aventura”, sair da casa dos pais e – como as duas amigas só foram saber depois -, encontrar um grande amor.

Sinopse

Para Manuela, as dificuldades começaram logo de cara, quando percebeu que o inglês aprendido na escolinha do Brasil em nada se parecia com aquele complexo e cheio de sotaque inglês do oeste australiano ou que o curso de bartender que tinha feito em São Paulo de nada adiantava quando seu público adora cervejas e vinhos nacionais – marcas de que ela nunca tinha ouvido falar. Para piorar, o curso técnico de administração, que ela tinha escolhido como uma prévia à pós, era muito mais difícil do que tinha imaginado e ela precisaria arranjar um emprego logo, antes que a reserva trazida do Brasil começasse a minguar.

As desventuras de viver em um país estrangeiro, lidar com uma irritante colega australiana de classe, aprender a viver sozinha e conseguir uma nota 8 no teste de proficiência em inglês fazem a composição desta história, cheia de trapalhadas e aprendizados, que ainda tem como brinde mais de 10 empregos registrados em apenas seis meses – tudo para fechar as contas da semana. Entre histórias reais e fictícias, o livro usa como base os aprendizados dos primeiros seis meses que a autora viveu na cidade de Perth, na Austrália, junto com suas duas amigas.

Questões educativas e sociais

Voltado ao público jovem adulto, o Uma Brasileira no País dos Cangurus mostra que problemas, sim, acontecem em uma viagem como essa, mas que nada é motivo para desespero. A amizade entre as três amigas fortalece a personagem, que, durante sua viagem, precisa repensar hábitos, se adaptando aos costumes locais, sem perder a essência. A importância do sexo seguro e da direção responsável, o respeito ao próprio corpo, a questão de identidade de gênero e transexualidade são outros pontos abordados de forma sutil ao longo do livro, com o objetivo de ajudar na conscientização do leitor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *